Freedom Trail, tudo que você precisa saber sobre essa caminhada histórica de 4 km em Boston

Freedom Trail Boston

Freedom Trail é uma caminhada histórica de 4 km, contando com os 16 locais históricos de Boston e Charlestown. Ela conta a história das pessoas e lugares que desencadearam a guerra revolucionaria americana contra a Inglaterra e destaca o papel de Boston em estabelecer a base para uma nova nação.



HISTÓRIA

Na década de 1870 os bostonianos começaram a salvar os edifícios coloniais e os da era revolucionaria que foram críticos na luta contra do domínio britânico. Um século depois, em 1974, o congresso assegurou a continuidade desse esforço e a preservação das partes importantes da herança dos estados unidos ao criar o Parque Nacional Histórico de Boston.

A Freedom Trail surgiu em 1951, quando o sacristão Bob Winn, da Old North Church, propôs ao repórter Bill Schofield a criação de uma trilha para ajudar os visitantes a encontrar os locais históricos de Boston e aumentar o turismo. Schofield promoveu a ideia em suas colunas de jornal. Em junho de 1951, com apoio do prefeito John B. Hynes e da câmara de comercio, foi colocado sinais pintados que direcionam visitantes a todos esses locais históricos.

PASSEIO

Eu escolhi fazer o passeio sozinha, pois tinha impresso um folheto do Freedom Walk Trail, que fornecia as informações de cada um dos 16 locais. Cada um dos locais é marcado com uma placa no chão rodeada de tijolos vermelhos.

O mapa abaixo mostra um pouco de que como é feito o passeio!

https://pt.maps-boston.com/freedom-trail-em-boston-mapa

1)  Boston Common

A trilha da liberdade inicia no Boston Common. Esse é o mais antigo parque publico dos Estados Unidos (1634) que ainda abriga comícios e reuniões públicas. Ele foi uma área de pastagem para gado e também o primeiro parque público dos EUA usado para treinamento militar. Foi lá, nos anos que antecederam a guerra revolucionária, que os soldados britânicos costumavam acampar. O metrô da estação Park St foi o primeiro metrô dos Estados Unidos (1897). Endereço: 139 Tremont St, Boston.

2) Massachussets State House

Construído em 1798, este edifício é o mais antigo da capital do estado em funcionamento. Atualmente, abriga o Senado do Estado, a Câmara dos Representantes e o escritório do governador. A cúpula dourada em ouro 23k foi originalmente feita em madeira. No interior, murais, estátuas e retratos dos governadores ilustram a história do estado. Há possibilidade de agendar um tour pelo prédio. Endereço: 24 Beacon St, Boston.

Em frente está o Memorial de Robert Gould Shaw e seus homens do 54º regimento do exército da união, que foi formado em 1863, durante a Guerra Civil Americana.

3) Park Street Church

Fundada em 1809, essa igreja foi a primeira escola dominical nos Estados Unidos. Foi o local do primeiro discurso anti escravidão do abolicionista William Lloyd Garrison em 1829 e onde foi cantado pela primeira vez o hino “América” em 4 de julho de 1831. Endereço: 1 Park St, Boston.

4) Old Granary Buryng Ground

Entre mais de 2.000 lápides e túmulos do cemitério do século XVII, estão os locais de descanso final de Paul e Rachel Revere, James Otis, John Hancock, Samuel Adams, Peter Faneuil, os pais de Benjamin Franklin e as vítimas do massacre de Boston, incluindo Crispus Attucks. Endereço: Tremont St, Boston.

5) Kings Chapel & Buryns Ground

Foi uma congregação anglicana, fundada em 1686 em madeira. Foi construída em pedra ao redor da mesma em 1754. A Congregação era reduto da oposição legalista e a maioria dos seus membros partiu para a Inglaterra e Nova Escócia em 1776. O cemitério ao lado da igreja foi estabelecido em 1630 e inclui os restos mortais de JohnWinthrop, o primeiro governador da colônia. Endereço: 58 Tremont St, Boston.

6) First Public School and Franklin Statue

A primeira escola pública de Latim de Boston foi fundada em 1635, por colonos puritanos, sendo a mais antiga escola da América.  O local é marcado por um mosaico de arte popular na calçada e por uma estátua de bronze de Benjamim Franklin, um ex-aluno da escola, como John Hancock, Sam Adams e John Adams. O local também abrigou a antiga prefeitura (1865). Endereço: 45 School St, Boston.

7) Old South Meeting House

Construída em 1729 como um local de adoração, a velha casa de reunião era o maior edifício da cidade colonial de Boston. Nos dias que antecederam a revolução americana, os cidadãos se reuniam aqui para desafiar o domínio britânico, protestando contra o massacre de Boston e o imposto sobre o chá. Aqui, em uma reunião altamente superlotada em 16 de dezembro de 1773, o patriota Samuel Adams lançou o Boston Tea Party. A torre do relógio foi restaurada em 2009 e é o mais antigo relógio de fabricação americana em operação (1766) e é lá que está um dos 46 sinos que Paul Revere fez em 1801. É aberto a visitação diariamente das 09h30 as 17h (de 01 de abril a 31 de outubro) e das 10h00 as 16h00 (de 01 de novembro a 31 de março). Preço: 6 dólares. Endereço: 310 Washington St, Boston.

8) Old Corner Bookstore

Típico dos tipos de habitações e lojas que ladeavam as ruas da colônia de Boston, esse prédio na esquina da Washington com a School Street, foi restaurando pela Historic Boston em 1970. Construído como um boticário para o farmacêutico Thomas Crease em 1718, tornou-se um centro literário em meados dos anos 1800. A livraria ficou famosa por seus encontros no 2º andar com nomes como Ralph Waldo Emerson, Nathanael Hawthorn, Harriet Beecher Stowe, entre outros, que se reuniam e discutiam poesia, política e literature. Hoje é uma loja da Chipotle Mexican Grill. Endereço: 283 Washington St, Boston.

Em frente há uma praça onde está o Boston Irish Famine Memorial, que contém dois grupos de estátuas que contrasta o sofrimento de uma família irlandesa durante a Grande Fome com uma família próspera que emigrou para América.

9) Old State House

Construída em 1713, este edifício histórico foi a sede do Tribunal Geral de Massachussets e é um dos mais antigos dos Estados Unidos. Em 1761, o patriota James Otis se opôs as escrituras da assistência aqui, inspirando John Adams a escrever mais tarde o discurso da independência. Na frente do prédio, há uma varanda, onde em 1776, a Declaração de Independência foi lida pela primeira vez. O prédio foi reformado em 1883, quando foram colocados leão e unicórnios dourados em volta do prédio e todo dia 04 de julho as 10h00 a declaração é lida a partir desta varanda. Hoje o prédio funciona como um museu da história de Boston. Aberto diariamente das 7h as 17h. Preço de 12 dólares. Endereço: 206 Washington St, Boston.

10) Boston Massacre Site

Um círculo de paralelepípedos sob sua varanda marca o local do massacre de Boston, em 1770, quando os soldados britânicos dispararam contra uma multidão e mataram 5 homens. O tiroteio é descrito como o evento que acendeu a Guerra Revolucionária. Endereço: Corner of State and, Congress St, Boston.

11) Faneuil Hall

Este antigo prédio do mercado, construído em 1742, fica no local na cidade velha. Reuniões eram realizadas aqui em 1764 e 1774.  De lá, ouviram Samuel Adams e outros liderarem gritos de protesto contra a imposição de impostos sobre as colônias. O prédio foi ampliado em 1806. Há uma estátua de Sam Adams no lado do Faneuil Hall. As barracas de Quincy Market atendem muitos fregueses como fizeram na época de Paul Revere. Endereço: 1 Faneuil Hall Sq, Boston.

12) House of Paul Revere

O bairro residencial mais antigo de Boston, o North End, inclui a casa de Paul Revere, a casa mais antiga do centro de Boston, construída por volta de 1680. A casa era da propriedade de Paul Revere e sua família e eles moraram lá entre 1770 e 1800. A casa foi restaurada como  residência em 1908, depois de ter sido usada como fábrica de charutos e banco e para outros fins. Hoje a casa é um museu. Aberto diariamente das 09h30 as 17h15 (de 15 de abril até 31 de outubro) e das 9h30 as 16h15 (de 01 de novembro a 14 de abril). Preço: 5 dólares. Endereço: 19 North Square, Boston.

13) Old North Church

Construída em 1723, a Christ Church é mais conhecida como Old North. O edifício da igreja mais antiga de Boston continua sendo uma antiga igreja episcopal. Na noite de 18 de abril de 1775, o sacristão Robert Newman pendurou duas lanternas no campanário para avisar os patriotas de Charlestown sobre o avanço dos soldados britânicos. A igreja de estilo georgiano abriga a primeira badalada de sinos e o primeiro busto de George Washington. Preço: 8 dólares. Endereço: 193 Salem Street, Boston.

14) Copp’s Hill Burying Ground

Robert Newman, o educador negro Prince Hall, os negros e mulatos que trabalhavam nos estaleiros do north end estão enterrados desde 1660. A partir deste local, soldados britânicos bombardearam a Breed’s Hill com tiros de canhão em 17 de junho de 1775. Endereço: Hull St, Boston.

As duas últimas etapas da trilha da liberdade estão em Charlestown. Para chegar lá é preciso atravessar a Charlestown Bridge.

Dá para ter uma linda vista do Charles River.

15) USS Constituition

Depois da revolução, os cidadãos demonstraram sua disposição de defender sua nova liberdade e independência econômica criando e apoiando uma marinha. De 1800 a 1974 o arsenal da marinha de Charlestown construiu, consertou e equipou embarcações navais americanas. Hoje aloja o Uss Constitution, o mais antigo navio de guerra flutuante do mundo e o museu da constituição (1797). Ele está atualmente em doca seca e está aberto ao público para visitas guiadas gratuitas.  No local também está o Museu USS Constitution que é aberto diariamente das 10h00 as 17h00 (de 01 de novembro a 31 de março) e das 09h00 as 18h00 (de 01 de abril a 31 de outubro). Preço: 5 dólares. Endereço: Building 22, Charlestown Navy Yard, Charlestown.

16) Bunker Hill Monument

Dedicado em 17 de julho de 1843, este obelisco de 67,5 metros celebra a primeira grande batalha da revolução. O estadista Daniel Webster foi o orador principal naquele dia. Os visitantes podem subir os 294 degraus do monumento. Um museu do outro lado da rua apresenta exposições sobre a comunidade, o monumento e a batalha. Endereço: 43 Monument Sq, Charlestown.

Eu adoro história e os Estados Unidos, portanto fazer a trilha foi bem legal e me trouxe uma experiência diferente. Para quem se animar a fazer esse passeio, indico que vá com um sapato bem confortável para andar bastante.

Fonte:
https://en.wikipedia.org/wiki/Freedom_Trail

Deixe uma resposta