Um tour pela Atlantic Road, a belíssima estrada do Atlântico, na Noruega.

https://www.mdig.com.br/index.php?itemid=30351

A Estrada do Atlântico é conhecida como a “Estrada no Oceano” e é considerada, pelo jornal Britânico Guardian, como a melhor viagem do mundo.

Ela foi aberta em 7 de julho de 1989. É preservada como patrimônio cultural e classificada como Rota Turística Nacional. A Atlantic Road foi eleita “Construção Norueguesa do Século” em 27 de setembro de 2005 e atualmente é a segunda estrada cênica mais visitada da Noruega.

Nos primeiros dez anos, os motoristas tiveram que pagar pedágio para dirigir, mas desde 26 de junho de 1999, a estrada é gratuita!

Tem cerca de 8,4 km de extensão e liga a ilha de Averøy ao continente por meio de uma série de pequenas ilhas e ilhotas, sendo o trecho mais cênico entre Bud e a cidade de Kristiansund , ao norte de Molde.

Em 2009 a estrada foi a 9ª atração turística da Noruega, com mais de 258.000  visitantes de maio a agosto.

Há contrates enormes entre uma viagem em um dia ensolarado e tranquilo com uma viagem cheia de ondas em um dia de chuva forte. Mas, em qualquer uma das ocasiões, a experiência na Atlantic Road oferecerá lembranças para toda a vida.

https://www.mdig.com.br/index.php?itemid=30351

COMO CHEGAR

A melhor maneira de percorrer a Estrada do Atlântico é de carro e as principais paradas incluem área de estacionamento. Vale a pena.

Eu optei por ir de ônibus. Reservei pelo site (clique aqui) e escolhi o bilhete ida e volta partindo de Molde. Paguei NOK 305.

O ônibus número 501 parte do terminal de ônibus de Molde com destino a Kristiansud.

É uma viagem de ida e volta de 2 horas e pode entrar e sair a vontade durante todo percurso. Segue abaixo os horários dos ônibus.


O percurso de Molde até a estrada demora um pouco, mas as paisagens são fantásticas. Sai de Molde com chuva e cheguei lá com céu mais claro.

PARADAS

Uma das principais paradas é Eldhusoya, uma ilha ao sudoeste de Averoya.  Lá há um prédio com uma arquitetura impressionante, um café, informações turísticas e banheiros. (Estava fechado quando fui).

A trilha  percorre o topo do prédio e é feito por uma passarela  de grades suspensas ao redor da ilha. As vistas são fantásticas

A ponte mais impressionante e mais longa é a Storseinsund, uma maravilha que desafia a gravidade e que parece se enrolar no caminho de Eide para ilha de Averoy. Lá foi lugar de muitos anúncios de carros.

Há também a plataforma de observação de vidro de Askevagen, um pouco mais de 10 km ao norte de Bud que oferece uma vista panorâmica de 360º do arquipélago, oceano e costa.

O trajeto como um todo foi simplesmente fantástico. Eu adorei!! Mas, vou voltar para fazer dirigindo, dizem que é sensacional!

Fonte:
https://en.wikipedia.org/wiki/Atlantic_Ocean_Road

 

 

 

 

Anúncios

O que fazer em Molde, a pequena cidade na Noruega próxima a Estrada do Atlântico

Molde está localizada há 500 Km de Olso, na parte oeste da Noruega, junto ao Romsdalsfjord. É o centro administrativo do condado de Møre og Romsda e tem cerca de 26.000 habitantes. Continuar lendo

Experiência magnífica no Lysefjord, Pulpit Rock (Preikestolen) & Norway in a Nutshell, na Noruega

Norway in a Nutshell é um tour oferecido pela empresa Fjord Tours que vai de Oslo a Stavanger, passando por belas paisagens montanhosas da Noruega, protegidas pela UNESCO. Continuar lendo

Um passeio pela magnífica Mina de Sal de Wieliczka, na Polônia.

A Mina de Sal de Wieliczka foi inaugurada no século XIII como uma das mais antigas minas de sal da Polônia. Ao longo dos anos, mineradores locais cavaram mais de 350 Km de tuneis em 9 níveis, sendo que o menor de 327 metros abaixo do solo. Ela está na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO, desde 1978. Continuar lendo