Um dia em Wieliczka, na Polônia. A conhecida cidade da mina de sal.

Wieliczka é uma cidade do sul da Polônia, há 16 km ao sul de Cracóvia, na pequena Polônia. Fundada em 1290 pelo Duque Premislas II.

A cidade ficou conhecida, principalmente pela Mina de Sal Wieliczka, que foi declarada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1978.

COMO CHEGAR:

Peguei o trem, que partiu da estação Cracóvia Glowny para estação Wieliczka Rynek-Kopalnia. A viagem levou em torno de 20 minutos. Não paguei a passagem, pois estava incluída no Eurorail Global Pass que comprei ainda no Brasil.

O QUE FAZER

A cidade é bem pequena e dá para fazer o percurso todo a pé.

Urzad Miasta i Gminy – (Câmara Municipal)

No centro da cidade as autoridades do governo têm a sua sede (Câmara Municipal).  É um prédio no estilo inglês neogótico que foi financiado pelo rei Casimiro, o grande. Endereço: ul. Powstania Warszawskiego 1

Szyb Regis (Eixo Regis)

A haste Regis contém o único poço de mineração preservado desde a idade média até hoje. O poço, explorado a pedido do rei Casimiro, o grande, já estava ativo em 1355 e chegou a 57 metros de profundidade. Endereço: ul. Władysław Sikorski.

Adam Mickewick Monument

O monumento Adam Mickewicz está localizado em Planty Park, organizado na Lower Market Square. Foi fundado em 1903 graças aos esforços de Tadeusz Popiołek, um dos fundadores da Sociedade de Embelezamento da Cidade.

Kosciol pw Sw Klemensa – Igreja São Clemente. 

A igreja paroquial de St. Clemente foi erguida em 1381 e sobreviveu em sua forma original até 1786. A forma atual da igreja  data o século XIX. Ao lado da igreja há um campanário projetado pelo arquiteto italiano Pellegrini. Endereço. Ul. Klemensa Zamkowa 7

Zamek Zupny Museum

Museu fundado em 1951 por iniciativa de Alfons Dlugosz, professor do liceu de Wieliczka, instituição cultural nacional. Está em uma parte fechada de uma das mais antigas minas de sal-gema do mundo. A coleção do museu consta com mais de 20.000 exposições e foram inscritos em 1979 pela UNESCO na primeira lista internacional do Patrimônio cultural e Natural. Endereço: ul. Zamkowa 8

Castle Saltworks e Baszta Obronna Wieliczka

É um castelo gótico. Foi a sede das salinas desde o inicio de sua existência até 1945. Nos anos de 1976-1996, o castelo foi restaurado com fundos do Ministério da Cultura e Arte e do Museu. No pátio do castelo há o mais antigo poço, uma torre do século  XIV e fragmentos de muralhas defensivas do século XIV. Em junho de 2013, o castelo foi inscrito na Lista de Patrimônio Mundial Cultural e Natural da Unesco. Endereço: ul. Zamkowa 8.

https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Zamek_Żupny_w_Wieliczce_2.JPG

Rynerk Gorny

É a praça do mercado em Wieliczka. Desde o início de sua existência, teve uma importante função econômica e administrativa.

A pintura 3D “Salt Word” foi um trabalho de Ryszard Paprocki e é atualmente a maior pintura 3D e provavelmente a segunda do mundo depois da pintura londrina. A pintura tem fragmentos característicos e interiores da mina. Para tirar a melhor foto 3D com sua câmera, posicione-se no local indicado na placa do Market.

Palac Przychodzkich

É um edifício localizado na Rynerk Gorny, construído por volta de 1784, graças aos esforços de Kazimierz Przychocki, sobre as fundações da antiga Câmara Municipal. Em 2010, a fachada frontal do palácio foi completamente renovada. Em 2017, o Palácio passou por outra reforma, durante a qual o telhado foi levantado e a fachada foi repintada de amarelo (mas quando eu fui ele ainda tava laranja).

Palac Honopków

Um palácio barroco construído na década de 1880 pelos irmãos Konopków. Em meados do século XX abrigou a Biblioteca Pública. Atualmente o edifício é um ramo do Instituto de Memória Nacional. Endereço: plac prof. Mieczysława Skulimowskiego 1.

http://www.krysmich.pl/małopolskie/wieliczka-palac

Salt Mine Wieliczka

A Mina de Sal de Wieliczka é a mais antiga companhia de sal da Polônia, que remonta à idade média. Durante séculos foi à fonte da riqueza do país e a base material da cultura e hoje é o destino mais visitado da região. Escondidos sob a cidade, situados em nove níveis, eles atingem uma profundidade de 327 m. A parte aberta ao público inclui uma seção de 3,5 quilômetros. Endereço: ul. Daniłowicza 11.

Klasztor Franciszkanów (Mosteiro Franciscano)

O Monteiro Franciscano localiza-se na parte noroeste de Wieliczka. A igreja foi construída em estilo barroco nos anos 1624-1626. Lá tem uma imagem de Nossa Senhora da Graça, que data do século XVII. Endereço: ul. Irmão Alojzy Kosiba 31.

Gostei de conhecer essa cidade. E sem dúvida recomendo o passeio!

Fonte:
https://en.wikipedia.org/wiki/Wieliczka

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.