Viajando Sozinha

Eu amo viajar sozinha e sempre digo isso a todos que me conhecem.

Uma das outras coisas que também adoro é ler páginas e blogs e viagens. E em uma dessas leituras, conheci o Blog AzWanderlust, que escreveu uma matéria super legal: Vai viajar sozinha? (clique aqui) para ler a matéria.

Lógico que fiquei super tentada a responder todas as perguntas do desafio e logo entrei em contato com as meninas pela página delas do Facebook, no post publicado no dia 03 de agosto. Veja o post aqui. As meninas super fofas disseram que iriam adorar ler a as minhas respostas e então surgiu a ideia desse post. Espero que gostem!!

1. Quando e onde foi a sua primeira vez (de viagem solo, viu? rs)
Bom, como muitos sabem sempre viajei acompanhada por amigos, ex-namorados, família o que não era ruim, mas sempre tinha que abrir mão de algo.  Após 1 ano e pouco sem namorado fiz a minha primeira viagem sozinha que foi para Inglaterra. Decidi conciliar um intercâmbio de 1 mês, em março de 2014, para aprimorar meu inglês e minhas viagens para conhecer as cidades e países próximos. Logo no primeiro final de semana conheci Glasgow, depois Edimburgo e Inverness (todos na Escócia), várias cidades na Inglaterra, França, Holanda e Irlanda e daí iniciou o meu gostinho de sair por ai sempre sozinha.

2. Por que você foi sozinha: era uma vontade ou foi uma necessidade?
Ambos. Primeiro porque sempre foi uma vontade de estar sozinha após longos anos sem fazer absolutamente nada, nem mesmo ir ao cinema ou restaurante sozinha. Segundo por necessidade de aprimorar meu inglês o que me ajudou a cair no mundo. E gente, só me arrependo de ter demorado tanto para ter essa experiencia, mas como muitos dizem: “antes tarde, do que nunca!”

3. Você costuma planejar ou é daquelas que arruma as malas e vai?
Para falar a verdade, por ser perfeccionista eu sempre planejo tudo, desde que países visitar, quanto de dinheiro e o que levar. Faço um roteiro como ninguém. Mas, confesso que muitas das vezes deixei de seguir o roteiro, ficando mais ou menos tempo. Vai depender muito do meu estado de espírito e do que eu quiser conhecer no local onde estou.

4. Já passou algum perrengue desesperador por estar sozinha?
E como deu a volta por cima?

Desesperador não! Mas já peguei trem errado, já me perdi, não achei o hotel onde ficaria. Lembro-me de estar indo de Gelsenkirchen para Rothenburg Ob der Tauber (na Alemanha) e meu trem deveria partir da plataforma 1. Ao desembarcar correndo de um trem e ir para plataforma correta, acabei indo para plataforma 5 e de lá parti achando que estava no trem correto. Cheguei as 23h00 no ponto final, cidade de Bad Windsheim. Essa cidade fica há 15 km, mais ou menos, de onde eu deveria chegar. Naquele momento, fiquei sabendo que não haveria mais nenhum trem para voltar. Enfim, liguei o roaming no meu celular, vi em que cidade estava e procurei no Booking algum hotel mais próximo para ficar. Consegui reservar o Hotel Am Kurpark Späth e peguei um táxi (ainda tinha) para chegar ao hotel. Ao chegar lá o hotel estava fechado. E agora??? Agora liguei para o numero que tinha do hotel e gerente, veio gentilmente me atender. Acabei ficando por lá, pois ele me cobrou um valor menor ao saber do acontecido e no dia seguinte me levou de carro até a estação de trem para que eu chegasse em segurança.

5. Costuma ficar em albergue ou hotel? E prefere mala ou mochila?
Para mim tanto faz ser albergue ou hotel, desde que eu tenha o meu quarto e o meu banheiro. Eu sou um pouco “chata” para isso.  Quanto a mala ou mochila, eu prefiro uma mala média de rodinhas e uma mochila menor para trazer outras coisas. Na Europa sempre têm ótimas lavanderias para lavarmos nossas roupas. Na primeira viagem sozinha levei uma grande de rodinhas e me arrependi. Tive de deixá-la quase 15 dias no guarda-bagagens da estação King Cross em Londres e comprar uma pequena para me locomover para outras cidades ou países.

6. O que deu muito errado? E o que deu muito certo?
Não consigo lembrar de nada que deu errado. Como eu disse, não passei nada desesperador em nenhuma de minhas viagens, somente por perrengues que foram facilmente contornáveis. O que deu certo foi conhecer milhares de lugares que eram meus sonhos e conhecer vários amigos por esse mundo a fora, pessoas que provavelmente não verei nunca mais, mas que fizeram parte de minha história viajando.

7. Já pegou carona ou se hospedou na casa de um desconhecido?
Nunca peguei carona pois eu sou um pouco desconfiada, ou talvez diga até medrosa para isso. Embora já li diversos relatos de muitas meninas que pegaram e foram experiencias legais. Também não dormi na casa de desconhecido, mas já agendei de conhecer pessoas desconhecidas. Eu tenho um grupo no facebook de pessoas do mundo todo e combinei de quando fosse visitar a Holanda passaria pela cidade de Melissa, uma “amiga virtual”, para visitá-la. No dia em que fui era aniversário de sua filha e ela não poderia me esperar na estação. Fui recebida pelo Dick (seu pai) que gentilmente me esperou na estação. Optei por ficar hospedada no hotel, pois não gostaria de dar trabalho à eles, e não por medo. A noite Gerda e Dick foram me buscar de carro no hotel e nos dirigimos ao aniversário da filha da Melissa. Experiencia única que nunca vou esquecer. Amigos que vou levar para sempre.

8. Você acha que viajar sozinha é perigoso?
Não considero perigoso desde que sejamos prudentes. Eu sofri “preconceito” por viajar sozinha em alguns países como Inglaterra e Alemanha, onde fui bombardeada de perguntas do por quê de eu estar sozinha. Além disso também sofri 2 abordagens de homens na rua me perguntando se eu estava sozinha onde soube contornar bem. Eu evito chegar em lugares desconhecidos à noite, não sou de aceitar nada de estranhos, bem como tento ficar esperta quanto à pessoas que se aproximam da forma como esses dois homens se aproximaram. Todo cuidado é pouco em qualquer lugar do mundo.

9. Tem filho, namorado, marido, cachorro, papagaio?
Como conciliar isso com as viagens solo?

Eu não sou casada, não namoro e não tenho filhos. Tenho 3 gatinhos que amo de paixão, mas que minha mãe cuida quando estou fora. Lógico que fico morrendo de saudades deles e é isso que me motiva a voltar.

10. O que não pode faltar na sua bagagem?
Bom, como eu amo uma fotografia o que não pode faltar é o pau de selfie, minha câmera e meu celular. Além disso, também acabo conciliando um pouco do meu trabalho que consigo fazer remotamente e então o notebook está sempre comigo também. Shampoo, sabonete, roupas confortáveis e um bom tênis para longas caminhadas solo.

Bônus: Inspire mais mulheres à viajarem sozinhas!
Em três palavras, o que viajar sozinha é para você?
Sensação de liberdade, oportunidade de conhecer pessoas diferentes e prazer de estar comigo mesmo.

Rayane e Marcela, agradeço à vocês a oportunidade de responder essas perguntas e deixo aqui o meu testemunho novamente que VIAJAR SOZINHA É A MELHOR COISA DA VIDA.

Anúncios

6 comentários sobre “Viajando Sozinha

  1. Sergio Luiz 7 de agosto de 2017 / 11:31

    Lembra te conheci em uma viagem a porto seguro, era minha primeira viagem com minha esposa e ela tinha medo de voar e vc também srss. Mas vejo que já perdeu o medo.

    Curtido por 1 pessoa

    • Vanessa Orfao 7 de agosto de 2017 / 11:43

      Oi mocinho!! Você e a Ro são uns queridos!!! Quanto ao medo de voar, não passou não!! Amo viajar, mas odeio voar (kkkk). Saudades de vocês, adorei sua visita aqui na página.

      Curtir

  2. rayaneaz 7 de agosto de 2017 / 11:35

    Vanessa, adorei as respostas! Muito obrigada por participar do desafio… essa união feminina é tão importante e tão inspiradora! Que, juntas, consigamos inspirar mais e mais mulheres a viajarem sozinhas. E que, em breve, consigamos nos encontrar por esse mundão. Já te considero minha amiga! Um beijo enorme!

    Curtido por 1 pessoa

    • Vanessa Orfao 7 de agosto de 2017 / 11:41

      Rayane! Fiquei muito feliz em responder, sinceramente. Sem dúvida é importante mostrar a mulherada que podemos realizar nossos sonhos e viajar por esse mundão com segurança, passando por perrengues que contornamos com bom humor. Sem dúvida já te considero uma amiga também e com certeza ficarei feliz em conhecê-las. Parabéns pelo blog que está muito lindo!

      Curtido por 1 pessoa

  3. Celia 22 de setembro de 2017 / 10:24

    Vanessssaaaa…. mesmo nunca tendo viajado p/ fora do país , normalmente viajo sozinha e boa.parte das suas respostas me.identifiquei muito ! Kkkk…. foi bem bom ler !

    Curtir

    • Vanessa Orfao 22 de setembro de 2017 / 11:54

      Que legal!! Viajar sozinha é super bom!!
      Fiquei feliz que você se identificou, afinal vale muito a pena incentivar outras mulheres à viajarem sozinhas, né?
      Bjos

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s